You are currently viewing COVID-19: os riscos na Saúde e Segurança Ocupacional

COVID-19: os riscos na Saúde e Segurança Ocupacional

Como avaliar COVID-19 e os riscos na Saúde e Segurança Ocupacional no local de trabalho? Estas são orientações simples de saúde e segurança ocupacional para ajudar os locais de trabalho a avaliar os riscos do COVID-19 e implementar controles para redução do risco entre os trabalhadores.

Avaliar os riscos no local de trabalho significa examinar cuidadosamente os fatores que podem prejudicar os trabalhadores no local de trabalho durante a pandemia e possivelmente como medidas preventivas para os proximos anos.

A avaliação inclui:

  • identificaçao do risco de exposição e como controlá-lo
  • avaliar como o local de trabalho será afetado se alguns de seus funcionários estiverem ausentes devido a suspeita ou confirmação da infecçao por COVID 19.

Devemos fazer uma revisão para identificar o potencial de exposição. 

A revisão inclui:

  • revisar tarefas e trabalhos para determinar quem está em maior risco de exposição e quando a exposição é mais provável de acontecer
  • olhar novamente para avaliações de risco anteriores para identificar áreas onde o risco de exposição é maior
  • revisar a avaliação de risco, identificar novos riscos e introduzir controles conforme necessário
  • revisar e identificar possíveis faltas de pessoal e como elas afetam as atividades operacionais e de segurança crítica do local de trabalho.

Reduzindo o risco

Consulte o seu Comitê, entidade, Consultoria de Saúde e Segurança Ocupacional ou Representante de Segurança para discutir o que você pode fazer para reduzir o risco e quão eficaz cada ação vai impactar no ambiente de trabalho da sua empresa.

Eliminando riscos

Sempre que possível, os riscos devem ser eliminados. Você pode fazer isso eliminando qualquer atividade que não seja essencial ou possa ser adiada até que a ameaça de exposição viral seja reduzida ou resolvida. 

Controles Engenharia e Segurança do Trabalho

Os controles de engenharia eliminam um risco ou fornecem uma barreira entre o trabalhador e o risco. 

Exemplos de controles de engenharia para reduzir o risco de contagio ou disseminação de vírus incluem:

  • barreiras físicas para isolar, como a instalação de cortinas ou outra forma de gabinete
  • projeto de instalação, sala e estação de trabalho, com foco no aumento do distanciamento
  • definiçao de restrições e padrões de tráfego humano (áreas limitantes onde as pessoas se reúnem ou freqüentam)
  • posicionamento de dispensadores de desinfetante e alcool para as mãos
  • posicionamento de pias dedicadas para lavagem das mãos
  • automação de processos para reduzir o contato com as superfícies (como distribuidores automatizados para lavagem das mãos, secagem automatizada das mãos, portas automáticas)
  • ventilação
    • certifique-se de que os sistemas de ventilação estão funcionando corretamente
    • aumentar as taxas de ventilação para o ar complementar, ar de abastecimento e sistemas de exaustão
    • aumentar a porcentagem de ar limpo e fresco que circula no sistema minimiza a disseminação do Covi19 e os riscos na Saúde e Segurança Ocupacional.
    • mudar filtros em sistemas de ventilação com mais frequência
    • desenvolver operações e procedimentos de manutenção para limpar, manter e operar sistemas de ventilação, incluindo proteção para a equipe de manutenção.

Controles administrativos

Os controles administrativos podem ser usados ​​em combinação para proteger e reduzir a exposição no local de trabalho. Podem incluir treinamento, higiene das mãos, higiene respiratória, distanciamento social, arranjos alternativos de trabalho, limpeza do local de trabalho, restrição de entrada no local de trabalho e promoção de uma vacina, quando disponível.

Exemplos de controles administrativos que você pode considerar incluem:

  • revisar os horários de trabalho para reduzir o número de funcionários atribuídos a um determinado turno
  • reduzindo o contato próximo com clientes ou colegas de trabalho por meio do uso crescente de fax, telefone e comunicação por e-mail
  • adiar atividades de negócios que requerem interação pessoal com os clientes
  • criar uma zona distante de pelo menos 2 metros entre um funcionário e um cliente quando o atendimento ao cliente deve ser feito pessoalmente e manter as reuniões o mais curtas possível
  • fazer acomodações para os funcionários trabalharem em casa sempre que possível
  • atribuir trabalhadores de alto risco (como pessoas imunocomprometidas ou com mais de 60 anos) para tarefas de trabalho com menor risco de exposição
  • evitando locais ou atividades que possam representar um alto risco de exposição
  • aumentando a limpeza do local de trabalho, fornecendo os suprimentos necessários e reforçando as medidas de higiene pessoal
  • fornecer instalações limpas para lavagem das mãos
  • oferecer desinfetantes para as mãos à base de álcool quando as instalações regulares não estiverem disponíveis (ou para trabalhadores que trabalham na estrada, em canteiros de obras, etc.)
  • limpar regularmente objetos que são tocados com frequência, como estações de trabalho, maçanetas, alças, grades, chaleiras, ferramentas, etc. com desinfetantes ou água e sabão
  • fornecendo caixas de lenços de papel e garantindo o descarte seguro e higiênico de lenços de papel usados
  • remover revistas e papéis das áreas de espera ou salas comuns (como salas de descanso para funcionários)
  • lavar roupas de trabalho com mais frequência, incluindo forros de capacete, luvas e macacões

Equipamento de proteção individual (EPI)

COVID-19 é um novo perigo na maioria dos locais de trabalho e empregadores e funcionários podem ter dúvidas sobre como usar o equipamento de proteção individual (EPI), mesmo se eles estiverem familiarizados com o uso em outras situações de trabalho.

Se sua empresa está isenta de requisitos de distanciamento e você tem funcionários trabalhando a 1,5m metros um do outro, você ainda deve considerar outras maneiras de reduzir sua necessidade de EPI, como barreiras físicas.

Nem todas as máscaras fornecem o mesmo nível de proteção para COVID-19. Se você estiver usando uma máscara como PPE para COVID-19, certifique-se de que ela fornece a proteção necessária e que você está usando e fazendo a manutenção adequada.

Treinamento de funcionário

Os trabalhadores podem ser solicitados a realizar tarefas de trabalho não familiares que podem exigir treinamento específico para o trabalho. Todos os funcionários com potencial exposição ocupacional devem ser treinados em:

  • os perigos associados à exposição, as formas potenciais de contrair o vírus e as medidas de controle para quebrar a cadeia de infecção
  • os protocolos em vigor para isolar e relatar casos ou reduzir a exposição
  • consciência das diretrizes de distanciamento social e manter uma distância física de 1,5m metros de outras pessoas
  • medidas de controle adequadas, como etiqueta para tosse (cobrir o nariz e a boca ao tossir ou espirrar, tossir ou espirrar na dobra do cotovelo ou em um lenço de papel) e higiene das mãos (lavar as mãos ou usar desinfetante à base de álcool se água e sabão forem não disponível) para evitar a transmissão
  • uso e cuidado do equipamento de proteção individual

Estas medidas de controle podem minimizar o COVID-19 e os riscos na Saúde e Segurança Ocupacional dentro das empresas.

José Cláudio Rangel Tavares

Médico graduado em 1992, fez residencia em Clínica Médica até 1994. Especialista em Medicina do Trabalho e Medicina de Trafego e atua como perito em causas trabalhistas. Fundou em 2008 uma Consultoria em Saúde Ocupacional onde trabalha como Médico do Trabalho Coordenador em empresas de vários segmentos (indústria, mineração, sondagem, eletrificação e terceirização de serviços). Trabalha na gestão e Serviços em Saúde e Segurança do Trabalho usando Tecnologia para atender as demandas do setor.

Deixe um comentário