Demissional sem exame e atestado demissional é possível?

Foto do autor

By José Cláudio Rangel Tavares

Exames médicos ocupacionais são obrigatórios.

O art. 168 da CLT reza ser obrigatório na demissão o exame demissional. Porém demissão sem exame demissional é possível em alguns casos.

O exame médico demissional é realizado até a data de homologação da dispensa ou até o desligamento definitivo do trabalhador. Demissão sem exame e atestado demissional pode ser possivel em alguns casos porem o exame médico demissional visa classificar o funcionário como apto ou não para o processo de demissão e garantir a segurança da empresa e do trabalhador ao terminar o contrato de trabalho.

Atesta que nenhuma doença ou problema de saúde tenha sido adquirida por ele durante o tempo de trabalho naquela empresa.

Para regulamentar a norma consolidada, o Ministério do Trabalho e Emprego editou a NR-7 – Portaria 24, de 29.12.94, que estabelece a obrigatoriedade de realização de exame médico demissional.

O exame demissional será dispensado sempre que houver sido realizado anteriormente qualquer outro exame médico obrigatório, conclusivo da aptidão do trabalhador, em período inferior a 135 ou 90 dias, dependendo do grau de risco da atividade empresarial conforme assim dispõe a NR-7.

Isso deve ser muito bem observado por empresas e funcionários.

Do lado da empresa evitar gastos desnecessários com exames se houver um exame periódico. Este exame vale como demissional exceto se a convenção coletiva e acordo sindical exigir.

Do lado do trabalhador recomendo levar a serio um exame ocupacional e informar bem ao médico do trabalho qualquer alteração de saúde.

Vejo isso em muitos casos onde a empresa usou o periódico como exame demissional em reclamações trabalhistas.

Se o funcionário não dá ao médico do trabalho condições de se fazer um bom diagnóstico durante o exame pode vir a ser prejudicado se este exame ocupacional for usado como demissional posteriormente.

aso computadorO que acontece se o funcionário for considerado pelo médico do trabalho INAPTO no exame demissional?

O funcionário não pode ser demitido, pois ações na justiça do trabalho entendem que a empresa poderá ser considerada responsável pela doença adquirida pelo trabalhador.

Nesse caso, o médico do trabalho deve orientar a empresa e o funcionário acerca dos procedimentos a serem realizados. Depois do tratamento ou encaminhamento à perícia do INSS um novo exame médico ocupacional deve ser realizado para que se autorize a demissão.

Importante salientar que doença não significa inaptidão ao trabalho, o médico do trabalho pode esclarecer mais sobre o assunto durante a realização do exame.

Cuidados que a empresa deve ter no exame demissional.

Para garantir um atestado confiável a empresa deve contar com uma equipe de segurança e saúde do trabalhador atuante. Contratar uma empresa séria e responsável na realização desse e de outros exames relacionados à saúde dos funcionários e é muito importante avaliar o trabalho de empresas especializadas na realização de exames médicos.

Quando o exame demissional não precisa ser realizado:

Quando qualquer exame médico ocupacional tenha sido realizado:

Em até 135 dias anteriores (para as empresas de grau de risco 1 e 2) ou

Nos 90 dias anteriores (para as empresas de grau de risco 3 e 4).

Portanto, se o trabalhador submeteu-se a exame periódico, retorno ao trabalho ou de mudança de função em período inferior ao ditado pela norma e foi considerado apto para o exercício da função que vinha ocupando, estará dispensado da realização do exame médico demissional  pela a empresa.

E em casos de acidente de trabalho:

Essa duvida sempre ocorre. O funcionário sofreu um acidente de trabalho e é demitido tempo depois. Neste caso o exame demissional segue a determinação acima quanto aos prazos e validade dos exames ocupacionais.

Se o afastamento foi inferior a 15 dias e existir um exame ocupacional vigente a empresa poderá dispensar o trabalhador sem o exame demissional. Claro que isso tem outras repercussões legais e não é simples assim. Já entra na parte do direito trabalhista e civil e suas repercussões. Estou simplesmente falando o que determina a norma neste caso. Vamos abordar isso em outro post.

Acidentes de trabalho com afastamentos superiores a 15 dias dão direito a estabilidade, e o funcionário não pode ser demitido em um prazo de 365 dias.

106 comentários em “Demissional sem exame e atestado demissional é possível?”

  1. Passei 45 dias na experiência Tai me colocarão pra fora só que suspenderão meu exame dimissional sinto muita dor na coluna as vezes até trava trabalhava com limpeza pegando em coisas pesadas tambores de lixo acha que tenho direito para receber auxílio doença

    Responder
    • A empresa não é obrigada a encaminhar o funcionario para o exame demissional no periodo de experiencia. Neste periodo se voce acha que sofreu alguma doença co trabalho sugiro procura o sindicato de classe para uma consulta com um advogado, porém 45 dias é um prazo muito pequeno para se instalra uma doença do trabalho que tenha relação exclusiva com o local onde voce trabalhou, mas tudo isso precisa de uma análise de um advogado e de um médico do trabalho.

      Responder
  2. Bom dia.
    Após 5 meses de empresa, fui desligado e por conta de me jogarem em um ambiente onde tinha lubrificantes, querosene e outros tipos de óleos, adquiri uma tosse ou alergia muito forte por conta do cheiro. Antes de fazer o exame demissionais gostaria de saber se devo informar o médico do trabalho? Existe a possibilidade de esse fato ser um entrave na demissão??

    Responder
    • Sim, voce deve relatar isso ao medico do trabalho que vai avaliar se a doença está ou não relacionada ao trabalho. Neste caso vai assegurar a voce direitos em caso de doença do trabalho.

      Responder
  3. Olá, passei a sofrer assédio moral pelo meu chefe, tive crises de ansiedade(uma delas na empresa) e fui procurar o RH. Me orientaram a buscar tratamento e assim o fiz. Passei numa consulta clínica, fui encaminhada para tratamento psiquiatra e sessões de terapia. No entanto, pelo convênio da empresa, a consulta com o psiquiatra foi agendada para o mês seguinte e nesse intervalo, meu chefe me demitiu e o RH nem esperou retorno sobre meu caso médico.
    Ocorre que no dia do exame demissional, tive uma crise de ansiedade e minha pressão subiu na sala com a médica e ela me encaminhou ao PS mais próximo. No PS fui medicada e atestada. Me deram novo encaminhamento para buscar tratamento psiquiátrico. Tentei novamente pelo convênio mas só tinha data muito distante. Pedi indicação e paguei particular. Fui atestada novamente e iniciei meu tratamento para depressão. A empresa remarcou meu exame demissional mas não pude realizar devido ao atestado. Ocorre que já pagaram minha rescisão mas não passei o exame demissional ainda e agora iniciei meu tratamento. O que pode acontecer na pxm vez que eu for no demissional e me derem inapta, se já pagaram minha rescisão? Obs: não fiz homologação ainda.

    Responder
  4. Boa Noite,terminei meu aviso.Ainda não fui fazer meu exame demissional. Passei no médico do sus devido a muitas dores na coluna devido ao meu trabalho de costureira e ele me deu 15 dias .Neste caso como devo fazer.Porque o médico perguntou se eu era registrada falei que ainda não tinha dado baixa e nem o exame de demissional tinha feito.Mas mesmo assim o médico Clinico atestou 15 dias p me tratar e deu exames de RX para fazer,que assim que sair o laudo e constatar problemas na coluna ,quadril e joelho.Dai vai me encaminhar com ortopedista.Para fazer o tratamento certinho.Neste caso tenho ainda direito a recorrer.Por ter terminado meu aviso?

    Responder
    • Se voce cumpriu todo o aviso trabalhando e agora apresentou uma doença nada impede que voce leve os documentos do seu tratamento e o atestado para o medico do trabalho no dia do exame demissional. Caso o resultado do exame demissional seja inapto, isso vai interferir na sua demissão, podendo até mesmo suspender os efeitos do aviso e da sua demisão.

      Responder
      • Fui demitido assinei a rescisão tinha consulta marcada com remautologista 4 dias após a demissão onde me atestou por 15 dias para tratamento sem previsão de alta
        Fui encaminhado ao médico do trabalho para exames demissionál mas o médico recusou a demissão do desligamento mas mesmo assim a empresa deu continuidade na demissão sem o aval do médico do trabalho…
        Empresa diz q deu andamento devido a rescisão Já está assinada qual procedência para esse caso Dr .

        Responder
        • Neste caso voce precisa procurar um advogado com os documentos que o medico do trabalho para uma analise de possivel causa trabalhista. Sem o exame demissional voce pode até mesmo ser reintegrado ao trabalho até final do seu tratamento

          Responder
  5. Estou 4 meses na empresa, no caso eu pedi demissão só que eles me deu um papel para fazer exame demissional vi um pergunta quase igual aí , eles me deu a guia do exame só que eles não tinha feito minha recisão e mais nada , eu fiz depois de 10 dias só que não estava constando a demissão no sistema. Como fiz o exame eles pediu novamente pra eu fazer a carta de demissão provavelmente que eles perdeu , rasgou a outra que fiz não sei , no caso eu fiz o exame eles e obrigado a mandar embora ou tenho que assinar da mesma forma ?

    Responder
    • como foi voce que pediu demissão voce pode fazer outro pedido de demissão. Não vejo nenhum problema. O exmae demissional já foi feito e ele está valido.

      Responder
  6. Estou 4 meses na empresa, no caso eu pedi demissão só que eles me deu um papel para fazer exame demissional vi um pergunta quase igual aí , eles me deu a guia do exame só que eles não tinha feito minha recisão e mais nada , eu fiz depois de 10 dias só que não estava constando a demissão no sistema. Como fiz o exame eles pediu novamente pra eu fazer a carta de demissão provavelmente que eles perdeu , rasgou a outra que fiz não sei , no caso eu fiz o exame eles e obrigado a mandar embora ou tenho que assinar da mesma forma ?

    Responder
    • Boa tarde trabalhei dois ano e oito meses estou na fila de espera de exame, e uma ultrassom das mãos pode ser túnel do carpo empresa me dispensou pode

      Responder
  7. Eu trabalhei 5 meses em uma loja de móveis planejados primeiro mês tranquilo aí veio a pressão de de mudar a loja pra outra local trabalhávamos nós clientes de dia aí íamos fazer o show Room da nova loja uma carga horária pesada até tudo bem más começou dar erro de projeto a pressão caiu sobre nós montador cliente insatisfeito pressão de arquiteto projetista e patrão para resolver um erro de projeto chegou uma hora que eu não aguentei mais eu estava pensando mal psicologicamente conversei com minha namorada de manhã ela conseguiu uma consulta particular com um psicólogo isso foi em uma sexta começo da tarde que eu não estava bem no sábado de manhã quando cheguei na loja entreguei o atestado do médico a patroa me apresentou minha demissão para cumprir os 30 eu não li que estava escrito porque estava sem condições por causa dos remédios e fui dispensado sem exame

    Responder
  8. Bom dia!!!

    Se o funcionário realizar um acordo judicial com empresa, no qual ele mesmo solicitou a demissão, mesmo assim, é necessário fazer o exame demissional

    Responder
    • O exame demissional pode ser dispensado em alguns casos. O exame clínico deve ser realizado em até 10 (dez) dias contados do
      término do contrato, podendo ser dispensado caso o exame clínico ocupacional mais recente
      tenha sido realizado há menos de 135 (centro e trinta e cinco) dias, para as organizações graus de
      risco 1 e 2, e há menos de 90 (noventa) dias, para as organizações graus de risco 3 e 4.

      Responder
    • Se voce tem 5 meses de carteira assinada o exame demissional é necessario para sua demissão. Portanto está errado e voce deve procurar um advogado para resolver suas questões

      Responder
  9. Olá minha filha adquiriu problema de saúde no trabalho. Mais a empresa não fez exame admissão. Médica pediu troca de função só assim mudaram a função dela. O que pode ser feito em caso de demissão já tem um ano trabalhando

    Responder
  10. Boa noite!
    Sou enfermeira infelizmente peguei Covid 2020 e 2021, eu falava alto minha coordenadora me chamou atenção referente ao meu tom de voz, marquei uma consulta com otorrino e a médica me informou que estou com surdez solicitando exames para verificação do grau.Estou em depressão e tomando remédios e acompanhamento com psicólogo.
    Fui demitida sem ser informada a causa demissão ela perguntou se eu havia trazido o atestado eu disse que tinha entregue no mesmo dia afastamento ela me deu a carta dizendo vc está demitida se vc não quiser assinar não tem problema que eu e o supervisor assinamos.Eu li a dispensa e assinei.
    Eles me pagaram em 9 dias porém não me chamaram para o exame demissional e homologação não foi feita me informaram que entraria em contato por e mail e nada se hoje faz 5 dias após a Data dos 10 dias o que devo fazer pôr gentileza.
    Desde já agradeço a atenção!

    Responder
    • O funcionario pode ser demitido sem ser feito o exame demissional? Sim. a empresa pode fazer o que ela quiser e responder por isso em uma causa trabalhista. Neste seu caso, como o exame demissional não foi realizado a empresa corre o risco de multa,risco de reintegração do funcionario por doença ocupacional ou ser responsabilizada por doença do trabalho. Não posso afirmar o que é mas em uma reclamatoria trabalhista via justiça o juiz vai pedir uma pericia médica analisar se voce tem alguma coença ocupacional ou doença incapacitante para resquardar os seus direitos. Junte seus documentos como laudos médicos exames e receitas de trabamentos e procure um advogado.

      Responder
    • No exame demissional ela deve relatar isso ao médico do trabalho que vai avaliar o caso e dar o resultado ou relacionar uma doença do trabalho.

      Responder
  11. Estou sendo desligado da empresa porém no exame de audiometria o médico não me liberou e fiz o exame por 2 vezes com médicos diferentes nesse caso sou mandado embora ou readmissão até fazer o tratamento correto

    Responder
    • Em caso de alteração relacionada ao trabalho ou seja uma doença ocupacional no exame demissional o caminho é abrir uma CAT – comuicado de acidente de trabalho. Se a doença requer afastamento a demissão é cancelada e o funcionario deve ser encaminhado para tratramento. Ele pode inclusive continuar trabalhando em uma função que não agrave a doença e até mesmo ser dispensado posteriormente. Tem que entender que tipo de alteração voce tem no exame e qual tratamento ou orientação seguir. Solicite o seu exame de audiometria de todo o periodo de trabalho porque pode precisar para outros trabalhos ou tratamento fututro.

      Responder
  12. sou professora e nos ultimos 3 meses tive varias entradas na urgencia devido a LER ( tendinite e busite – faço fisioterapia semanalmente ..) , obtida durante os oito anos que trabalhei na prefeitura pela modalidade CLT. O contrato terminou dia 30 de novembro e dia 12 de dezembro o reumatologista ( não respondendo satisfatoriamente a fisioterapia realizada semanalmente) me afastou 120 dias do trabalho, ainda nao assinei a recissão . No inicio do contrato em 2014 fizemos exame adminisional mas no termino não .. tenho estabilidade de 1 ano ou agora é só pelo inss?

    Responder
    • Estabilidade de um ano é direito em quem ficou afastado pela previdencia social acima de 15 dias e obteve beneficio de doença ocupacional ou acidente de trabalho. Na carta de decisão do INSS deve conter o código 91 que dá direito a estabilidade. Se a pessoa afasta por doença e tem o codigo 31 na decisão do INSS não tem estabilidade. Isso tudo é a legislação geral CLT. Algumas profissões tem um acordo sindical que dá direito a estabilidade. Teria que olhar isso no sindicato dos professores que atende a sua região e verificar tambem.

      Responder
  13. Boa noite. Fique afastada por depressao por 6 meses e 4 dias, fiz o exame ocupacional eretornei ao trabalho dia 13/09 e dia 16/11 fui demitida. Estou em tratamento com psiquiatra e a empresa nao pediu Exame Demissional. Como proceder nesse caso?

    Responder
    • A empresa pode demitir sem o exame demissional como é o assunto deste post.Caso o seu médico constate, em relatorio que voce está incapacitada de trabalhar voce pode solicitar uma pericia médica no INSS mesmo após a saida da empresa. Seu caso é muito comum, a empresa utiliza do exame de retorno ao trabalho como demissional. Isso pode não ser justo, mas se voce estava trabalhando sem atestado médico na data da dispensa significa que a sua doença não estava incapacitando para o trabalho.Não é mesmo? Este é o primeiro pensamento que devemos levar em consideraçao e que a empresa vai justificar para a sua dispensa. Caso voce se sinta prejudicada somente uma causa trabalhista com pericia médica poderá dizer se a empresa agiu corretamente ou não.

      Responder
        • Só tem estabilidade de 12 meses apos afastamento pelo INSS em caso de acidente de trabalho ou doença do trabalho. Para saber se o afastamento concedido pelo INSS era por esses motivos devemos observar o comunicado de decisão – alta – do INSS.
          Este comunicado tem na parte superior direita um codigo de afastamento.
          Código 31- afastamento por doença comum que não gera estabilidade de 12 meses e a empresa pode dispensar o funcionario assim que ele retornar ao trabalho
          Código 91 – acidente de trabalho e doença ocupacional – neste caso existe a estabilidade de 12 meses que voce está falando.

          Responder
        • Entrei em uma empresa no dia 10/10/2022 entrei super bem fiz o exame de admissão para trabalhar na área de call-center, setor do Sac, fiquei 4 meses na empresa sem colocar nenhum atestado, não ter nenhuma falta injustificada, quando eu fiquei doente de uma síndrome gripal me afastei com 4 dias e depois quando iria voltar tive uma crise de ansiedade e fui parar no hospital por essa razão o médico me afastou por 2 dias da atividade e me deram remédios de ansiedade diazepam a empresa após eu retornar do afastamento me demitiu sem justificativa e quiseram pagar o aviso prévio indenizado, quando eu fui fazer o exame demissional a empresa falou que eu não precisava, eu estou com crises de ansiedade causada na empresa e com atestado que comprova que tive ansiedade e estou tendo, a empresa deve me indenizar por ter gerado uma doença e me mandado embora sem querer fazer o exame demissional?? Devo entrar na justiça contra empresa?

          Responder
          • Trabalhei 3 meses com contrato determinado, pois estava cobrindo licença de um funcionário. Ocorre que, ao ser demitida fui diagnóstica com suspeita de tuberculose. O médico do trabalho pediu para que fosse realizado outro exame. Porém, o meu desligamento ocorreu dia 8 e só passai no médico dia 11 que deixou em aberto até o resultado de um novo exame. A empresa me informou que, vai manter a rescisão e marcou um novo exame para o início de junho. Devo retornar ao médico do trabalho? Minha folha ficou preenchida lá na clinica. Dessa forma como devo proceder? Desde já agradeço pela atenção.

            Responder
            • Voce deve retornar ao medico do trabalho com o resultado do exame solicitado. Ele poderá encaminhar voce para afastamento por auxilio doença no final do auxilio – afastamento – a empresa pode prosseguir com a demissão.

              Responder
  14. Olá Dr fui demitida esse ano no mês de maio , trabalhei 9 anos na cozinha limpeza , sempre questionei uma dor na perna principalmente quando era mês de férias correria de praia, fui demitida sem passar no médico isso pode , só passei no médico quando entrei na empresa

    Responder
    • Como voce não tem nehum exame periódico, a demissão sem passar pelo médico do trabalho não está dentro da legislação trabalhista atual. Não está correto.

      Responder
  15. Olá,
    Pedi conta no dia 1/7, fecharam meu contrato na carteira de trabalho e fizeram meu acerto. Mas não me convocaram para o exame dimessional. Entrei em contato várias vezes com a gerencia e não me retornaram. Isso pode gerar problemas futuros para mim?

    Responder
  16. Pedi demissão, assinei a recisao, entreguei o cartão de entrada, fiz uma carta escrita a mão pedindo o desligamento sem aviso prévio, porém por motivos pessoais não fui fazer o demissional, isso já tem meses, quase um ano, agora tô fazendo uma entrevista pra outro empresa, quero saber se isso pode afetar em algo pra eu conseguir fichar?

    Responder
    • Se a empresa não cobrou seu exame demissional e fez o acerto com você não faz sentido nenhum mais a sua preocupação. Não há mais vinculo seu com a antiga empresa e isso não afeta em nada as suas proximas contratações. Não aconselho ninguem a deixar de fazer um exame demissional, perde a oportunidade de conversar e ser orientado em alguma questão pelo médico do trabalho.

      Responder
  17. Fui demitido por justa causa más tenho prótese interna do fêmur me mantive afastado por motivo de dores e não apresentei atestado médico por medo de contrair convide 19 por cirurgia de pulmão gravidade

    Responder
  18. Olá, fui desligado de uma grande empresa e não fiz exame demissional. Eu já tinha 177 dias trabalhados, isso ultrapassa os 135 dias, só fiz o exame admissional antes de 05/12 e nada mas. E fiquei até chateado pelo fato de ter 30 horas positivas e essas horas serem pagas e não inclusas como dias! Afinal com esses 3 dias atingiria os 180 dias necessários para dar entrada no auxílio.

    Responder
  19. Boa noite ! Tenho 11 meses de trabalho numa empresa e tenho um novo emprego em vista em outra cidade e quero pedir demissão de lá via carta escrita a punho assumindo responsabilidade de Não fazer o exame demissional pelo fato de estar em outra cidade…Posso fazer isso ? A empresa pode aceitar isso de forma legal?

    Responder
    • O exame não pode ser dispensado desta forma. Como voce está em outra localidade a empresa pode contratar uma clinica ou um médico do trabalho para emitir esse exame onde voce está.

      Responder
    • Sem o exame demissional a empresa corre o risco de multa e ser acionada por voce caso descubra posteriormente uma doença ocupacional ou que impeça a demissão.

      Responder
  20. Boa tarde.
    Um funcionario pediu demissao, fez o exame demissional, porem não passou na empresa para assinar a rescisao nem o aviso, o qual ele se recusou a cumprir. Após 10 dias de rescisão ele foi a um medico que atestou pedras no figado, segundo ele. Ele ( o funcionario enviou esse atesado a empresa querendo ser readmitido pelo fato de não ter assinado a rescisão. Há ,algum procedimento nesses casos?

    Obrigada. Aguardo respostas

    Responder
  21. Boa noite. A um ano pedi que a emoresa me mandasse embora. Mais só agora me dispensou,
    Questionei que logo agora que o médico marcou cirúrgia, mais me fui informada pelo RH que como havia fdito o pedido, que perderia o direito a cirúrgia e que poderia ser demitida.

    Responder
    • no exame demissional o medico irá definir se voce está apta ou não. Se for considerada apta a empresa pode fazer a demissão normalmente.

      Responder
  22. Meu marido foi demitido depois de 11 meses de trabalho, portanto o exame admissional já está vencido. A empresa não quer fazer um exame demissíonal pois disse que o admissional está no prazo. Mas em ele sofreu um acidente de bicicleta depois dos 4 meses de validade do exame e ainda está com dores nas costelas e coluna. Achamos que é por isso que não quetrem que ele faça o exame demissional.
    A empresa é obrigada a fazer o exame demissional?

    Responder
  23. Fui dispensada do serviço, mesmo que sofre um acidente dentro do serviço, minha patroa está falando que estou mentindo e está me mandando embora, sendo que estava de atestado e a mesma com quis fazer o papel pra mim receber pela caixa os 15 dias, pois fiquei de atestado 26 dias. Ela pediu pra mim fazer o exame demissional fui realizar o exame o médico não quis fazer o laudo que ele mesmo disse que não posso se desligar da empresa assim e me pediu pra eu procurar meu médico pra eu solicitar meu laudo com o médico que estou passando para fazer o tratamento se estou apita ou não para os serviços.
    Minha dúvida é ela vez eu assinar o aviso prévio, mais o aviso prévio só valiará quando eu levar o laudo para o médico do trabalho que pediu.

    Responder
    • Se no exame demissional o médico do trabalho verificar que sua doença é relacionda ao trabalho ele pode solicitar uma abertura de Comunicado de doença ocupacional através de uma CAT e se for determinado que sua hérnia leva a incapacidade ao trabalho voce pode ser afastado e neste caso a empresa não poderá demitir voce. Porem se nada disso for pertinente e sua hérnia não leva a incapacidade ao trabalho voce estará apto no exame demissional. O que leva inaptidão no exame demissional é incapacidade de trabalhar, entenda que em alguns casos a pessoa pode ter uma hérnia e está trabalhando normalmente até a cirurgia.

      Responder
  24. Boa Noite Tudo bem, Fui desligado dentro do período que Vc Citou , de 90 dias, porém não fui se quer comunicando, descobri depois de não obter respostas entrando na Carteira de Trabalho Digital, Acontece que no Dia que reincidiram meu contrato Eu Tinha uma Consulta médica pelo SUS ao Qual l Médico após examinar meus Exames Marcou minha Cirurgia, quais são meus direitos neste Caso.

    Responder
    • Sua duvida é muito comum nos exames demissionais. Uma cirurgia eletiva(que não é de urgencia) pode impedir uma demissão?
      Nem todas. Entenda que o exame ocupacional avalia acapacidade laborativa, tem como resultado apto ou inapto.
      Voce pode esta apto ao trabalho com uma cirurgia agendada e estar trabalhando normalmente até a data do procedimento.
      Estará inapto depois por conta de um atestado médico e o tempo de recuperação. Poderá retornar da cirurgia apto e a empresa com este resultado pode fazer sua dispensa.
      Quanto aos Direitos que voce pergunta: se for sobre estabilidade e impossibilidade de demissão devemos avaliar dois aspectos:
      1- Visão médica – se for doença do trabalho – relacionada a sua atividade – cabe estabilidade e a empresa pode, judicialmente, ter que readmitir o funcionario por conta desta estabilidade, que é de um ano, no caso de doença do trabalho caracterizada e nexo provado em uma pericia.
      Importante: tem que ser levado a justiça e um perito atestar a doença ocupacional.
      2- Visão Juridica – Se for provado que sua demissão foi motivada por estar doente e com cirurgia agendada. Também necessario processo e avaliação do caso como dispensa discriminatória a pessoa tem direito a indenização e até mesmo a readmissão.
      Resumindo: estar doente não significa estar inapto ao trabalho ou inapto a demissão.
      Procure uma assessoria que possa avaliar o seu caso se voce se sente nestas situações que eu citei.

      Responder
      • Todo questionamento sobre doença com relação ao trabalho apos o desligamento de uma empresa deve ser avaliado judicialmente ou seja com um processo trabalhista, após uma pericia médico judicial determinada pelo juiz do caso.

        Responder
      • Se a pericia médica durante o processo concluiu que a doença não é incapacitante e nem tem relação com o trabalho perde -se a causa mesmo e tambem alguns advogados não sabem como solicitar o pedido e questionar o perito para sucesso da causa. Por isso é importante antes de entrar com um processo ser orientado por um médico que tenha conhecimento da legislação previdenciaria junto com o advogado. O fato de ter uma doença não significa que é culpa da empresa ou que a pessoa está incapaz para o trabalho. Tambem existe o contrario, muitas pessoas ficam doentes sem perceber que foi o trabalho que causou a doença e perdem os direitos por isso.

        Responder
  25. Bom dia, fui demitida em janeiro, e nao pediram exame demissional, hoje pela manha me mandaram uma mensagem falando que esqueceram de solicitar o exame, que é pra eu pagar e depois eles vao ressarcir o valor, porem, estou desempregada e nao tenho condicoes de fazer isso. oq devo fazer?

    Responder
    • O exame demissional deve ser realizado em até 10 (dez) dias contados do término do contrato. Se voce já recebeu as sua recissão e já passou este prazo não tem porque fazer exame demissional. Não há previsão legal e nem o atestado posterior a este prazo é valido em caso de fiscalização.
      Agora se o seu vinculo continua, ou seja não foi dado baixa na seu contrato de trabalho leve a sua dificuldade para a empresa que é responsavel pelo pagamento do exame. A empresa poderá pagar diretamente a clinica ou ao medico do trabalho e voce comparecer no dia agendado para o exame.

      Responder
  26. boa tarde, preciso de uma orientação.
    recebi informação de demissão da empresa e me recusei a assinar pois apresentei um atestado. Passou-se os dias, e de acordo coma lei a empresa depositou os valores da recisão e quando fui ao médico ocupacional ele não deu o atestado de saúde, considerando que eu estava doente. Dei entrada no INSS e o meu pedido foi definido, avisei a empresa e a mesma está contando os meus direitos como o plano de saúde, alegando que eu não mais faço parte do quadro de funcionários. Isto procede? o que posso fazer enquanto estiver afastada pelo INSS?

    Responder
    • Voce não tinha um exame ocupacional valido para a demissão. A empresa pode fazer a demissão sem o atestado médico mas está sujeita a reclamação trabalhista e provar o que aconteceu mas empresa que não faz o exame demissional antes da recissão e procede com a dispensa do funcionario está sujeita a processo judicial de reintegração do trabalhador, pagamento das verbas de salarios e beneficios retroativos e até mesmo perdas que o funcionario teve por cancelamento do plano de saúde. O seu caso deve ser analisado por um advogado trabalhista que verificará qual tipo de demissão foi aplicada a voce.

      Responder
  27. Olá!
    É possível eu realizar um exame ocupacional sem nenhum agendamento da empresa?
    Com fim de manter “guardado” para possivelmente ser utilizado nos próximos 135 dias após o exame.
    Pergunto isso, pois estou saindo do País enquanto trabalho em CLT, e, caso eu arrume um emprego na minha área, utilizaria este exame ocupacional.

    Responder
  28. Assinei a carta de demissão, para passar para outra empresa, a empresa lê ligou para fazer exames admissional, aí passar pela médica houve uma alteração na pressão e peso, a médica pediu um laudo com cardiologista, a empresa não paga plano de saúde e estou com dificuldades pra custear e a empresa me disse que se não houver uma resposta do laudo não poderei exercer outra atividade

    Qual e a orientação

    Responder
    • Todo o exame ocupacional deve ser custeado pela empresa. Mas no caso do exame admissional onde voce ainda está concorrendo a uma vaga, não tem como a empresa pagar por um laudo que foi soiicitado para a conclusão do seu exame admissional que não faça parte dos exames pedidos normalmete pela empresa. Exames custeados pela empresa no admissional geralmente são associados ao risco da atividade, o que não parece ser o seu caso. Voce terá que pagar por este laudo mesmo infelizmente

      Responder
  29. A empresa deve esperar eu trazer o laudo médico? Quando fiz o exame demissional a médica me pediu um laudo médico, a empresa pode me fazer assinar a homologação e me mandar embora?
    Podem me ajudar, obrigada 🙏

    Responder
    • A homologação e a efetivação do acerto com o trabalhador deve ser feita após conclusão do atestado de saúde ocupacional demissional. A empresa pode no entando fazer a homologação sem o atestado demissional mas vai correr o risco do trabalhador no caso de ser portador de uma doença ocupacional a justiça do trabalho além de multar a empresa pode pedir a reintegração do trabalhador como pagamento de salarios, afastamento por atestado e multas. Por outro lado tambem a empresa não pode esperar indefinidamente um relatorio médico para que o médico do trabalho conclua o atestado demissional portanto a decisão é da empresa de correr o risco ou discutir com o médico do trabalho as opçoes que atendam ambas as partes.

      Responder
  30. Olá meu nome é Daylete, eu pedi conta na empresa, quando fiz meu exame demissional, a doutora não liberou meu ASO, e agora a empresa pode me mandar embora sem a ASO?
    Estou com muita dor no braço, falei com a doutora, ela me deu um relatório médico me pediu para passar por uma consulta com o médico ortopedista e trazer um laudo médico, mas a empresa me ligou ontem e me falou pra mim comparecer lá, que já está tudo certo e eles vão fazer minha homologação segunda feira, o que eu faço? Pode me ajudar?

    Responder
    • Expliquei a voce acima, mas você pode antes de tudo consultar um advogado tanto particular quanto no seu sindicato para uma orientaçao juridica melhor. Não consigo determinar se a parte médica está correta sem conhecer a empresa que voce trabalho ou analisa os s documentos de segurança e medicina do trabalho para que os riscos sejam determinados a sua funçao. Digo isso porque faz-se necessario a caracterização de uma doença do trabalho ou não.

      Responder
    • Se a empresa não faz exame admissional na contratação do funcionario está sujeito a multa quando fiscalizada pelo auditor do governo.
      O funcionario que não realizou exame admissional pode alegar que adquiriu doença ocupacional na demissão e a empresa pode não ter como provar o contrario pois não tem o exame ocupacional antes da contratação.

      Responder
    • Os dados dos exames clínicos e complementares deverão ser registrados em prontuário médico individual sob a responsabilidade do médico responsável pelo PCMSO, ou do médico responsável pelo exame, quando a organização estiver dispensada de PCMSO.
      Como qualquer atendimento médico o paciente tem direito a requisitar seu prontuario médico.
      Não é diferente em medicina ocupacional.
      Voce pode solicitar isso ao serviço médico ou ao proprio medico que é responsavel pelo seu exame e ele deve fornecer de acordo com o determinado pelo Conselho de Medicina e leis trabalhistas.

      Responder
  31. Olá fui demitida com todos.os.mwus direitos e 7 dias o gerente do local me chamou e disse w eu estava demitida com justa causa !! E senho que eu fiz meu exame demissional ele pode fazer isso comigo?

    Responder
    • Colaborador desligado por justa causa não precisa fazer o exame demissional para que o desligamento aconteça. Neste caso o profissional é demitido após cometer uma falta grave, ou após receber uma série de advertências e pode mesmo não querer comparecer ao exame demissional. Mas a empresa tambem pode agendar o exame demissional, não está desobrigada a isso. Dessa forma, a ausência de exame demissional não impede a efetivação da dispensa por justa causa, caracterizando-se em mera infração administrativa passível de aplicação de multa, contudo, por tratar-se a realização do exame médico demissional de ato voluntario do empregado, este deve ser cientificado formalmente do agendamento do exame médico demissional com o profissional responsável pelo PCMSO. O não comparecimento do empregado, uma vez que este não pode ser conduzido de maneira coercitiva para a realização, contudo, apesar de não impedir a efetivação da dispensa, não desobriga o empregador de eventuais responsabilidades por não atendimento ao dispositivo legal.
      Outra duvida que surge: Será que não estou com uma doença ocupacional? Posso ser demitido por justa causa?
      Essas perguntas e essas situações não impedem a demissão por justa causa, mas podem ser alvo de reclamações a justiça do trabalho posteriormente.

      Responder
    • A assinatura do aviso prévio não tem relação relação com o exame demissional.
      O aviso prévio é um comunicado por escrito da rescisão do contrato de trabalho, seja por iniciativa da empresa ou do empregado.
      O principal objetivo do aviso prévio é dar tempo para que o colaborador consiga uma nova colocação; ou
      para que a corporação contrate outra pessoa para ocupar o lugar.
      A CLT permite que a empresa possa desistir da demissão durante o aviso prévio ou se houver alguma alteração no exame demissional que gere afastamento ao funcionario. Afinal, o contrato só será considerado encerrado ao final do período do aviso. O empregado que fez o pedido de demissão também pode desistir no meio do aviso antecipado. Contudo, a outra parte tem a opção de aceitar ou não.

      Responder
  32. Olá fui mandada embora da empresa e estou fazendo tratamento para cálculos renais, eu cheguei na empresa e fui mandada embora de surpresa nem aviso prévio quiseram q eu cumprisse, e não fiz o exame demissional e estou ainda tendo gastos cm médico pra fazer o tratamento oque posso fazer? Fiquei 2 anos nessa empressa

    Responder
    • Como está citado neste blog, demissão sem exame demissional é possivel sim nos casos que relatei. Verifique se a dispensa sem o exame demissional está dentro da lei. Posteriormente procure assistencia juridica no sindicato que atenda a sua categoria para verificar se a convenção coletiva de sua atividade é favoravel a sua demissão e se não há alguma arbitrariedade ou discriminação. Falo isso porque do ponto de vista ocupacional calculo renal não tem relação exclusiva com nenhuma atividade de trabalho, ou seja, não é caracterizado como doença do trabalho com nexo automático para a previdencia social. Perceba também que o simples fato de ter uma doença nem sempre incapacita a pessoa para o trabalho e mesmo num exame demissional voce poderia ser considerada apta mesmo em tratamento desta doença.

      Responder
  33. Trabalhei 10 meses em uma empresa. Na minha carteira de trabalho constava como se eu fosse auxiliar administrativo, mas na verdade eu trabalhava limpando e organizando salas, cuidando de crianças e trocando fraldas dos mesmos e alimentando-os.
    Nos últimos meses que eu estava trabalhando, comecei um tratamento psicológico pois neste emprego sofia pressões e humilhações.
    Eles notaram minha insatisfação e tristeza e me demitiram (sem justa causa) e eu não fiz nenhum exame demissional.
    Como devo proceder?

    Responder
  34. Olá bom dia eu trabalha a 3 anos e meio e fui demitido e a empresa nao liberou o meu exame admissional que posso fazer nesse caso ou é direito da empresa?

    Responder
    • Valdemir, se voce foi submetido a exame médico demissional o médico emitiu um atestado de saude ocupacional. Se a empresa não entregou sua cópia do exame voce pode obte-lo com o médico que o examinou.

      Responder
  35. Fui mandado embora sem fazer o exame , pois a 1 mês fiz o periódico. Neste 1 mes tive um afastamento e internação em clinica para dependência química de 4 dias. eu estava com consulta para o dia 20/03 marcada na clinica que faço tratamento para já pedir afastamento e internação nessa clinica. Mas a empresa me dispensou dia 19/03 sabendo que já tinha feito o periódico. A clinica já me afastou e sigo em tratamento semi aberto desde hoje. O que fazer

    Responder
    • Ribeiro, se você tem algum atestado ou relatorio médico de afastamento desta clinica marque uma pericia médica no INSS e procure um advogado para garantia dos seus direitos.

      Responder
  36. Funcionária se recusa fazer exame demissional e a empresa como tinha prazo pra pagar acabou fazendo assim mesmo as verbas rescisórias. E agora, sobrará pra empresa?

    Responder
    • A empresa pode juntar provas que a funcionária recusou fazer o exame demissional e fazer o acerto normalmente. Poderá ter problema caso a funcionária entre na justiça solicitando reconhecimento de doença ocupacional ou acidente de trabalho, mas aí a decisão será juiz do processo.

      Responder
  37. Errata*
    Fui fazer meu exame demissional estava de atestado medico, a mesma se recusou a fazer e não me deu nenhum papel informando.
    Assinei a minha rescisão do contrato de trabalho já faz uma semana, agora a empresa me passou um e-mail informado que meu exame demissional esta marcado.
    Devo fazer?
    Já até recebi minhas verbas rescisória.

    Responder
    • As minhas considerações são:

      Fui fazer meu exame demissional estava de atestado medico, a mesma se recusou a fazer e não me deu nenhum papel informando.
      Está errado, todo exame ocupacional deve vir acompanhado de um ASO – atestado de Saúde Ocupacional. O medico deveria ter entregado o ASO após o exame.

      Assinei a minha rescisão do contrato de trabalho já faz uma semana, agora a empresa me passou um e-mail informado que meu exame demissional esta marcado.
      Devo fazer?
      Ir fazer o exame demissional e solicitar o ASO após o exame.

      Responder
  38. Boa noite,sofri um acidente de trabalho em 2017 quebrei o 5 metatarso,estava afastada qdo foi em junho de 2018 fui liberada pelo INSS e o médico do trabalho,qdo retornei fui dispensado por ser contratado determinado .
    Assim marcaram o demissionais,um dia antes do demissional fui ao médico e a fratura n tinha consolidado,o médico do trabalho disse q n teria demissional me deu um laudo para retornar para o INSS.
    Nesse período de espeta,fui buscar o último dia trabalhado,aí descubri q tinham depositado meu acerto e a recissao estava para assinar.
    Gostaria de saber se agiram certo,ter sido demitida sem exame demissional, aguardo uma resposta obrigada.

    Responder
    • Como eu descrevi no post só é possível se voce tiver um exame ocupacional nos prazos que coloco no ultimo paragrafo. Demissão sem nenhum exame prévio válido só é possível se previsto em um acordo sindical. Procure o seu sindicato.

      Responder
  39. Eu fui mandada embora ainda não fiz exame demissionais mas faz 4mes que eu estou tratando da saúde estou com rematismo atroide e agora descobri que estou com hérnia inguinal tenho q falar PR médico eu posso ser readimitida

    Responder
    • Tudo deve ser relatado no exame demissional e o médico do trabalho vai avaliar se a doença apresenta ou não relação com o trabalho e opinar quanto sua aptidão ao trabalho.

      Responder
  40. Gostaria de saber, se causa algum prejuízo em receber a recisao , sem fazer o exame demissional?
    Outra coisa, trabalhei 11 anos em uma empresa (Banco Santander) aonde, fui muito humilhado e acima de tudo ando muito doente, devido às pressões referentea metas. O que o senhor poderia me auxiliar neste momento?

    Desde já agradeço, Boa tarde!

    Responder
    • O exame demissional só pode ser dispensado da sua realização quando existir um exame ocupacional anterior dentro do período de validade. Ex: um exame periódico ou de retorno ao trabalho é valido como demissional de acordo com a grau de risco da empresa se for realizado: Nos 135 dias anteriores (para as empresas de grau de risco 1 e 2) e nos 90 dias anteriores (para as empresas de grau de risco 3 e 4).
      Quanto a doença posterior a demissão você pode pedir uma avaliação da perícia médica do INSS ou na justiça do trabalho solicitando uma perícia judicial sobre o caso. Se for comprovado nexo ocupacional a empresa poderá ser condenada a responder por isso. Da parte de dano moral seria melhor uma orientação com um advogado e eu não saberia te responder.

      Responder
      • Doutores,
        Boa tarde trabalhei no banco em 21 meses, desenvolvi ler/dor informei a meses meu gestor sobre a possibilidade de fazer a cirurgia que já era para dezembro/22 com urgência! Me mandaram embora com documento de afastamento em janeiro/23 e pior sem nenhum documento de exame demissional e nem de periódico o que não foi feito neste quase dois anos, o que fazer?!

        Responder
        • Continue o seu tratamento e com estes documentos voce pode entrar com uma causa trabalhista relacionando a incapacidade de trabalho a uma possivel doença ocupacional. Está errado a falta de exames periodicos e o demissional.

          Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.