FAÇA SEU EXAME MÉDICO

               Tel: (31) 3271-9979

Veja 6 curiosidades sobre segurança do trabalho

Que a segurança do trabalho é fundamental para empresas de todos os portes todo mundo já sabe.

Você sabia que existem aplicativos que ensinam saúde e segurança do trabalho ?

Imagina exatamente quantas pessoas sofrem acidentes de trabalho todos os dias no Brasil?

Quer descobrir mais sobre essas e outras curiosidades do universo da segurança do trabalho?

Confira!

1. A fadiga é uma das principais causas de acidente de trabalho

Um trabalhador cansado físico e mentalmente comete erros por distrações e acaba gerando acidentes de trabalho. Esses acidentes podem variar desde pequenas contusões que não atrapalham a rotina de trabalho até acidentes fatais, portanto, promover o bem-estar do trabalhador é essencial.

2. O INSS pode processar a empresa pelo acidente de trabalho

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é obrigado a indenizar de alguma forma os indivíduos que sofreram um acidente de trabalho, mas nem sempre esse prejuízo fica limitado a essa instituição do governo.

Caso fique claro que o empregador é o responsável pelo acidente e deu causa para que ele ocorresse, o INSS pode entrar com uma ação regressiva para recuperar as despesas com ressarcimento das vítimas, como previsto no artigo 120 da Lei 8.213/91.

Isso acontece nos casos em que a empresa não forneceu equipamentos de proteção individual (EPI) adequados ou não cumpriu alguma outra norma de segurança, por exemplo.

3. Já existem aplicativos educativos sobre a segurança do trabalho

Atualizado no final de 2016, o aplicativo SST-Fácil da Fundação Jorge Duprat e Figueiredo (FUNDACENTRO) oferece lições que abordam desde os conceitos de saúde e segurança do trabalho até ergonomia e segurança química. As lições são baseadas em perguntas e respostas, e respaldadas por uma biblioteca de materiais educativos formulados pela própria fundação.

4. O Brasil é o segundo país com maior número de profissionais estressados

Uma pesquisa da Associação Internacional de Gerenciamento do Estresse (ISMA) mostrou que o Brasil só perdia para o Japão em relação ao número de profissionais estressados no mercado de trabalho.

Como o estresse pode facilmente se transformar em doença e aumentar o risco de acidentes de trabalho, dados como esses devem servir de inspiração para as empresas investirem em saúde e segurança do trabalho.

5. A equipe de segurança do trabalho pode ir além das profissões exigidas para o SESMT

legislação trabalhista estabelece que o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho é composto pelo médico do trabalho, pelo engenheiro de segurança do trabalho, pelo enfermeiro do trabalho, pelo técnico de segurança do trabalho e pelo auxiliar de enfermagem do trabalho.

Apesar dessa recomendação, é possível incorporar outros profissionais à equipe e garantir um cuidado mais completo ao trabalhador com a ajuda do odontólogo do trabalho, do psicólogo do trabalho e do tecnólogo de segurança do trabalho.

6. Ocorrem mais de 2000 acidentes de trabalho todos os dias no Brasil

Segundo, as estimativas do Ministério do Trabalho e Previdência Social, em 2014 ocorreram 704.136 acidentes de trabalho no território nacional. Desses, apenas 559.061 tiveram CAT registrada e a maioria se tratou de acidentes de trabalho típicos, ou seja, que ocorrem durante a atividade laboral.

Em segundo lugar vieram os acidentes de trajeto e por último, com apenas 15.571 notificações, as doenças do trabalho. Nos anos subsequentes, não houve a liberação desses dados.

Você conhece alguma outra curiosidade sobre segurança do trabalho? Conte aqui nos comentários.

Dr. José Cláudio Rangel Tavares é Médico do Trabalho, Perito Assistente da Justiça do Trabalho e Responsável Técnico nas empresas  OKUP| Fortrab

 

José Cláudio Rangel Tavares

José Cláudio Rangel Tavares

Médico graduado em 1992, fez residencia em Clínica Médica até 1994. Especialista em Medicina do Trabalho e Medicina de Trafego e atua como perito em causas trabalhistas. Fundou em 2008 uma Consultoria em Saúde Ocupacional onde trabalha como Médico do Trabalho Coordenador em empresas de vários segmentos (indústria, mineração, sondagem, eletrificação e terceirização de serviços). Trabalha na gestão e Serviços em Saúde e Segurança do Trabalho usando Tecnologia para atender as demandas do setor.

Deixe seu comentário

EBOOK – QUAIS DOCUMENTOS A EMPRESA DEVE POSSUIR E COMO AGIR EM UMA FISCALIZAÇÃO.

Cadastre-se para receber o "Guia Essencial de EPIs" no seu e-mail.